Desenvolver competências no domínio das estruturas de betão armado. São apresentados os materiais e as suas características relevantes para o comportamento estrutural e referidos aspectos relacionados com a durabilidade das estruturas de betão armado e com a filosofia de segurança aos estados limites. São apresentadas técnicas de análise e dimensionamento de elementos estruturais lineares, tirantes, vigas e pilares, para os estados limites últimos e estados limites de utilização. É também apresentada e discutida a pormenorização destes elementos estruturais. São referidos o dimensionamento e a pormenorização das estruturas de betão armado quando sujeitas às acções dos sismos e do fogo. Em laboratório, é realizado o ensaio de uma viga de betão armado à flexão. Nesta disciplina são referidos, e utilizados como base de trabalho, os Eurocódigos estruturais relativos às estruturas de betão, designadamente os EN1990, EN1991, EN1992 e EN1998.

OBJECTIVOS

. Apreensão de conhecimentos básicos de Desenho Técnico como uma linguagem de comunicação em Engenharia.

. Apreensão, aplicação e desenvolvimento de conhecimentos básicos relativos ao Desenho Assistido por Computador com recurso às plataformas de desenho de modelação 2D e 3D da AutoDesk: Revit e AutoCad.

. Apreensão e aplicação de conhecimentos relacionados com regras básicas de traçado sistemas prediais de abastecimento de águas e de drenagem de águas residuais com desenvolvimento em AutoCad.

PROGRAMA

1. Desenho Técnico na Engenharia
1.1. Importância do Desenho Técnico na Engenharia (domínios de aplicação e evolução histórica).
1.2. Normalização aplicada ao Desenho Técnico.
1.3. Caracterização dos tipos de projecção plana.
1.4. Prática à mão livre de projecções ortogonais axonométricas (isometria e dimetria) e múltiplas.
1.5. Metodologia de representação por recurso a cortes e secções.
1.6. Técnica de cotagem no Desenho Técnico.
1.7. Traçado à mão livre - Esboço Cotado.

2. Desenho Assistido por Computador com recurso à plataforma de desenho de modelação 3D da AutoDesk: Revit.
2.1. Tecnologia BIM Building Information Model, ou Modelo de Informação da Construção.
2.2. Introdução à utilização de um sistema gráfico: Representação em 3D (entidades gráficas em 3D, comandos de edição em 3D, funções de apoio ao traçado, cotagem e impressão do desenho).
2.3. Execução de desenho arquitectónico (plantas, alçados, cortes e pormenores).

3. Desenho Assistido por Computador com recurso à plataforma de desenho de modelação 2D da AutoDesk: AutoCad.
3.1. Introdução à utilização de um sistema gráfico: Representação em 2D (entidades gráficas em 2D, comandos de edição em 2D, funções de apoio ao traçado, cotagem e impressão do desenho).
3.2. Conhecimentos básicos relacionados com regras de traçado de 
 sistemas prediais de abastecimento de águas e de drenagem de águas residuais com desenvolvimento em AutoCad.
3.3. Execução de traçado de sistema predial de abastecimento de águas com importação e processamento de plantas, alçados e cortes.

Introdução ao projecto de obras de engenharia civil nomeadamente, fases, organização, metodologia e desenvolvimento do projecto. Conceitos básicos sobre Acções e Teoria da Segurança Estrutural, Dinâmica e Engenharia Sísmica. Introdução à concepção e dimensionamento de estruturas correntes e especiais utilizadas nas diferentes áreas de especialização da engenharia civil- estruturas, construção, vias de comunicação e hidráulica. Bases para a concepção e dimensionamento de estruturas metálicas de acordo com a norma europeia EN1993 (EC3).

Desenvolver competências para a determinação da resposta dos sistemas estruturais sujeitos a acções dinâmicas (forças aplicadas ou movimentos na base). Cálculo da acção sísmica de acordo com os regulamentos atuais. Perceber os fundamentos da sismologia e do risco sísmico.

Adquirir conceitos fundamentais da Estática das Estruturas: forças, momentos, resultante de um sistema de forças, condições de equilíbrio, esforços internos nas peças lineares, esforços internos nas treliças, esforços internos nas vigas, geometria de massa. Aplicar os conhecimentos adquiridos na projeção dos elementos básicos das estruturas na base de princípios de mecânica clássica.

Desenvolvimento de competências na análise, dimensionamento e pormenorização de lajes vigadas, de lajes fungiformes, de zonas de descontinuidade geométrica em peças de betão armado, e ainda, na introdução dos conceitos básicos relativos a estruturas em betão armado pré-esforçado. Para cálculo dos esforços em lajes vigadas é dado especial destaque ao Método das Bandas, baseado no Teorema Estático da Teoria da Plasticidade. Em relação às estruturas em laje fungiforme será abordada a sua concepção e pré dimensionamento. Discute-se ainda o comportamento apresentado por este tipo de estruturas quando solicitadas quer por acções verticais, quer por acções horizontais (vento e sismo). Os problemas específicos deste tipo de estruturas relacionados com a natureza dos apoios existentes (apoios pontuais) são realçados.

1 - Dotar os alunos de uma formação de base em Física das Construções evidenciando a importância deste domínio no contexto exigencial e regulamentar em que se insere o projecto e a construção de edifícios.
2 - Fornecer as metodologias de análise do comportamento físico das construções, nas áreas da higrotérmica, ventilação natural, acústica e iluminação natural.

1 - Provide the students a basic formation in Building Physics referring the importance of this area in the demanding and regulatory context associated to the project and construction of buildings.
2 - Provide analysis methodologies for the physical behaviour of buildings, concerning topics on hygrothermal behaviour, natural ventilation, acoustics and natural lighting.

A inserir brevemente...

Adquirir conhecimentos básicos sobre os principais materiais utilizados na construção civil, nomeadamente sobre as suas matérias-primas e processamento, características e propriedades, tendo em vista a compreensão das aplicações e desempenhos de cada um. Abordar os principais documentos normativos aplicáveis, de forma a seleccionar e especificar materiais para aplicações práticas.

Acquire basic knowledge about the primary materials used in construction, including their raw materials and processing, characteristics and properties, in order to understand its
applications and performances. Address the main normative documents applicable, in order to select and specify materials for practical applications.

A disciplina Mecânica das Deformações Irreversíveis destinada aos estudantes do mestrado de Engenharia Civil e baseada na Teoria da Plasticidade com aplicações estruturais como placas com e sem furo, cascas cilíndricas e esféricas. O objectivo principal é estender ao espaço tensorial noções de tensão, deformação, tensão limite de elasticidade e relações constitutivas em regime não-elástico e em regime plástico.

OBJECTIVOS

O aluno ficará a compreender a mecânica aplicável aos solos e às rochas e os conceitos em que se baseia.

PROGRAMA

A mecânica dos solos e das rochas na Engenharia Civil. Génese e constituição de solos e rochas. Rocha e maciço rochoso. Propriedades físicas de Solos. Principais aspectos do comportamento mecânico dos materiais. Relação entre fases num solo. Limites de consistência. Classificação dos solos para propósitos de engenharia. Conceitos Básicos de Mecânica. Círculo de Mohr das Tensões e das deformações. Dilatância. Principais modelos de comportamento dos materiais e sua aplicação aos solos. Tensão no terreno e na água dos poros. Tensões efectivas. Comportamento drenado e não drenado. Permeabilidade. Escoamento permanente unidimensional e bidimensional em meios porosos. Comportamento drenado e não drenado. Compressibilidade e consolidação. Assentamentos de fundações directas. Ensaio edométrico. Consolidação hidrodinâmica de solos. Evolução dos assentamentos no tempo. Fluência. Resistência ao corte e principais ensaios de resistência. Ensaio triaxial. Envolventes de rotura de Mohr-coulomb e de Tresca. Mecânica dos solos dos estados críticos: estados de pico, estados críticos e comportamento antes da rotura. Aplicação de conceitos de resistência ao corte: cálculo de impulsos de terras com a teoria de Rankine, estabilidade de taludes e fundações directas. Prospecção e melhoramento de terrenos. Compactação. Particularidades do comportamento hidro-mecânico das rochas. Resistência da rocha e do maciço rochoso. Comportamento das diaclases. Permeabilidade.

Desenvolver competências para a aplicação de técnicas e metodologias da área do planeamento da obra.Gestão do empreendimento do ponto de vista da empresa de construção. Revisão de Preços. Gestão na óptica do dono da obra.

Sensibilização do futuro engenheiro civil ao processo de planeamento territorial. Introdução às noções do planeamento regional e urbano e à pluridisciplinariedade do processo. A Sustentabilidade do processo de desenvolvimento e a prática do planeamento territorial. O processo de Urbanização do território. Enquadramento legal e regulamentar. Introdução às noções de concepção e prática operacional no planeamento. Metodologia aplicável ao processo de planeamento urbano.

DISSERTAÇÃO: Introdução à realização da dissertação. Aprendizagem dos procedimentos básicos de investigação. Recolha e análise de bibliografia. PROJECTO: Proporcionar uma visão integrada das matérias dadas em Estruturas. Complementar conhecimentos de Códigos indispensáveis ao Projecto. Dar conhecimentos de legislação e de responsabilidade do Projectista. Preparar o trabalho final de projecto por pré-estudo de temas a desenvolver.

Desenvolver as capacidades de analisar os problemas fundamentais da Mecânica dos Sólidos, nomeadamente a determinação de esforços, tensões, deformações e deslocamentos em meios contínuos e em peças lineares. Os tópicos abordarão a tensão axial (esforço axial, flexão elástica e flexão plástica).

Na disciplina de Resistência de Materiais II pretende-se transmitir conceitos fundamentais de Mecânica Estrutural, o corte, a torção, os critérios de verificação da segurança e a encurvadura de peças lineares. As matérias abordadas são as bases necessárias ao dimensionamento de elementos estruturais.

OBJECTIVOS

Adquirir os conhecimentos indispensáveis relacionados com os aspectos tecnológicos da construção, tanto na coordenação de projectos como na direcção e acompanhamento de obras.

Conhecer bem os processos construtivos de edifícios correntes, os seus campos de aplicação, as suas limitações e as respectivas vantagens e desvantagens.

1 - Desenvolvimento da competência na compreensão e aplicação dos métodos básicos de análise estrutural
2 - Desenvolvimento da capacidade crítica do processo de cálculo, através da compreensão física do comportamento da estrutura simulada.

1 - Development of skills on the comprehension and use of basic structural analysis methods.
2 - Development of judgement skills regarding the modelling and computation processes, using the physical understanding of the structural response.